8.3.07

Million Dollar Baby - Sonhos vencidos




Bem eu fui tão reticente em ver este filme.... sempre com a mania que não gosto de Boxe e que o Rocky1 me marcou para toda a vida, eu nunca quero ver filmes de boxe... mas rendi-me ao Cinderella Man, e recentemente quando vi Rocky Balboa lembrei-me que este filme repousava há muito nas prateleiras lá de casa e decidi-me a vê-lo num destes dias....

Fiquei completamente rendida.... apaixonada, acabei o filme e fiquei em silêncio por momentos sem saber muito bem o que havia de dizer... brilhante... foi a palavra que finalmente me saiu... Clint Eastwood, Morgan Freeman e Hilary Swank estão perfeitos... a relação entre cada um deles com o outro é de verdadeiro sentimento, de verdadeiro amor e amizade.... uma historia perfeita, com uma interpretação perfeita... uma história de vida!!!

A História:

Frankie (Clint) é um treinador de pugilismo, Maggie uma mulher com um passado infeliz, à beira dos 30 anos mas que ainda guarda a esperança de poder vir a fazer carreira como pugilista. Scrap (Morgan) interpreta um antigo pugilista que teve que desistir por ter cegado de um olho num combate e que ajuda Clint na manutenção do ginásio (e vive lá).

Frankie vive com o desgosto da filha que o rejeitou.... Scrap escreve em seu nome cartas semanais que envia à filha de Frankie mas que são sempre devolvidas sem serem abertas... Por esta amargura que Frankie sente recusa-se a treinar mulheres... e Maggie não é excepção... mas devido à insistência e persistência de Maggie que o trata carinhosamente por "boss" e também à influência de Freeman ele acaba por aceitar... e acaba por nascer entre eles uma amizade e cumplicidade fortes e indestrutiveis... capazes de todos os sacrificios.

Clint quando ela está prestes a disputar o seu primeiro combate internacional oferece-lhe um roupão em cetim como geralmente os boxeurs usam e atrás, em vez do seu nome escreve Mo Cuishle, nome pelo qual ela acaba por ficar conhecida e que por mais que lhe pergunte o que quer dizer ele se recusa... a expressão é gaélica, lingua antiga dos celtas e que ele domina e que usa normalmente nos livros que lê. Mais tarde quase no fim... ela irá saber o significado dessa expressão.

O desfecho.... contém o final!!


A primeira parte do filme é realmente a vida duma lutadora de boxe que pretende fazer carreira, disposta a todos os sacrificios com uma força de vontade enorme e espirito de vencedora... vê-se crescer o amor entre duas pessoas que podiam ser pai e filha... ele vê nela a filha que não o quer e ela nele, vê o pai que morreu demasiado cedo para a poder apoiar. Vê-se a carreira dela estar prestes a atingir o ponto máximo... ela é aliciada por todos os bons manager da altura e desafiada para os melhores combates.

Mas no último combate em Las Vegas em que muita coisa está já em jogo, incluindo um milhão de dolares, Maggie combate com uma ex-prostituta sem escrúpulos e disposta a tudo para vencer... e com um golpe baixo aplicado por ela... Maggie vê os seus sonhos desfeitos... tetraplégica numa cama de Hospital, a sua carreira e a sua vida terminaram... E é ai que este filme sofre uma viragem e apesar de ter como tema principal o boxe, na minha opinião tem como questão fundamental a eutanásia....

Esta parte final arrasa-nos... a interpretação dos dois está de um realismo arrepiante. A vida dela está terminada, Clint não quer saber de nada, passa os dias no Hospital lendo para ela, vários episódios se passam, por exemplo a chegada da familia dela que aparece de advogado e papeis para ela assinar passando tudo para o nome deles, coisa que Clint tenta impedir, mas ela não precisa que olhem pelos interesses dela, ela conhece a familia e sabe que não prestam...

O tempo passa e não há esperança para Maggie e ela sabe. Pede assim a Frankie que a ajude a morrer. A ultima meia hora de filme retrata a angústia de Frankie lutando com a sua propria consciência e ética (ele é enfermeiro) mas compreendendo o drama vivido pela sua quase filha. Ela tenta de tudo, até a morder a lingua par sufocar com o próprio sangue. No fim, Frankie cede ao grande amor que sente por ela e visita-a a meio da noite... Antes da injecção que lhe trará o descanso pretendido, ele aproxima-se do seu rosto e diz-lhe o que quer dizer Mo Cuishle -família, Sangue do meu sangue). E com um beijo na face que transmite todo o amor, toda a angústia, toda a dor que os dois sentem... da-lhe a injecção e desaparece para nunca mais ser visto.

4 comentários:

Simplesmente Maria disse...

Também adorei. Mas vou dizer-te outros dois que simplesmente adorei: O Ilusionista e o Guardião. Filmes simplesmente soberbos.Bjcs

Claudiacva disse...

Ola kida, eu quando acabou o filme tambem fiquei um pouco sem reacção. Gostei muito do filme. Beijinhos

Lurdes disse...

Muito mais que um filme sobre boxe é um filme sobre sonhos e sentimentos... Vi no cinema e amei!

Beijinhos

dharma disse...

Nunca vi, ups!, sabes que sou muito contra a corrente, mas vou ver, um dia verei...